sábado, 9 de maio de 2009

(des)Enterro

Hoje decidi tirar o pó às tradições e envergar, na que será uma das últimas vezes, o traje da mui nobre Academia Minhota! Dei por mim trajada a sair de casa com a Sofia a dizer "Ai Coleguinha, até custa ver-te assim trajada", e custava. Este traje já viu e viveu muita coisa e se falasse tinha muito que contar. Ai saudade...

Já no Largo do Paço, onde tem lugar a serenata, os olhos cravavam-se no meu tricórnio, inusualmente sob a alçada da minha mão e não na cabeça, como seria de esperar, as minhas fitas, de um azul escuro e 5cm de largura, também recolhidas, sim! já acabei o curso! Ai saudade...

Caloiros a trajar por primeira vez e excitadíssimos porque o padrinho ou madrinha lhes iria traçar a capa também por primeira vez, as beldades do costume com carradas de maquilhagem e cabelinhos aprumados, os curiosos de máquina fotográfica em punho para registar o momento Kodak "para mais tarde recordar", o abanar de tricórnios em sinal de aplauso, enfim, o motor que impulsiona as tradições académicas de uma Universidade. Ai saudade...

As minhas afilhadas, que adoro, já com as/os suas/seus afilhadas/os, e a Célia, que mesmo já doutora esperou que lhe traçasse a capa para ir traçar a da afilhada (significou muito afilhada, obrigada!), as recordações e os flashbacks ao traçar a capa, foi como uma viagem no tempo!, são coisas que contadas parecem estupidas, mas que quem passa por elas lhes dá a devida importância! Ai saudade...

Mas como se diz em "bom" português: Já "fostes"! Pois fui...

A ex-Caloira, Novilha, Noviça, Doutora (freira), Abadessa,

FG

(foto vem depois :P)

2 comentários:

João Filipe disse...

E que bom é voltar a ver aqui um post teu, e que bom foi voltar a ver-te trajada pequena ;) ainda não perdeste o jeito :P

beijinho grande *

Cláudia disse...

Sem palavras, apenas ;) Imagino k sim, k sintas saudade.. Mas k tenhas um grande orgulho nisso td, pk eu, acima de tudo, tenho um grande ORGULHO na Madrinha k tnh e k mt me ensinou.. Brigada* Gosto-te